12 janeiro, 2009

O melhor de 2008

Fi-lo o ano passado, e quase que me ia esquecendo de o fazer este ano. Os melhores álbuns de 2008 - falando apenas de gosto, e não de qualidade:

Menções honrosas:

Red Album, dos Weezer. Depois de uma travessia pelo deserto, com um álbum desinspirado pelo meio, voltou ao seu registo mais habitual com um trabalho muito interessante e bastante inovador.

Third, dos Portishead. Custou a entrar, é um álbum difícil, e foge bastante do trip hop que conhecíamos do Dummy. Mas quando devidamente apreciado, é capaz de evidenciar momentos simplesmente arrebatadores.

Only By The Night, dos Kings Of Leon. Não está à altura do que esperava deles, mas são uma das minhas bandas favoritas e não consigo deixar de apreciar tudo o que fazem. A nível de qualidade até é bem capaz de ser o melhor trabalho deles. O som está mais maduro, mais equilibrado, mais completo. A banda está a tornar-se mais competente e talentosa, e isso é visível. Mas falta-lhe a alma, o arrojo, a irreverência do Because Of The Times.

O álbum do ano?

Quer seja pela análise objectiva (qualidade), quer seja pela subjectiva (gosto), o melhor álbum que ouvi este ano chama-se The Bedlam In Goliath, dos The Mars Volta. Está muito perto do melhor que já fizeram. É frenético, confuso, poderoso e, em última instância, verdadeiramente genial.

3 Pensamentos:

Blogger Tiago Gonçalves disse:

Prefiro a escolha do Samuel..:P Também gostei do Third.

13 janeiro, 2009 13:23  
Blogger Samuel Silva disse:

Eu não gostei nada do Third, raios. Já The Bedlam In Goliath é tipo um pontapé na boca. Às vezes é gostoso, mas é pesado. De qualquer das formas, The Mars Volta são grandes.

17 janeiro, 2009 13:58  
Anonymous jacker disse:

jiewu98
oluoba66
bacailuona
xinxilan01
moxige

25 fevereiro, 2009 14:35  

Enviar um comentário

<< Home